7 dicas para marcas que querem melhorar a experiência do cliente em casa

15 de julho 2020

Live da AG7 debateu o tema e trouxe insights do CEO da Repense, Otávio Dias. Confira!

CEO da Repense, Otávio Dias

O isolamento social despertou no mundo uma nova experiência em casa diante do consumo de marcas. As pessoas estão mais tempo em casa e consequentemente estão consumindo mais internet, tv e aplicativos. Com isso, as marcas estão sendo mais percebidas e uma nova maneira de se comportar diante do público está surgindo. Em uma live da incorporadora AG7, o CEO da Repense, Otávio Dias falou sobre a experiencia do cliente em casa e as novas oportunidades que a pandemia do Covid-19 trouxe para o mercado.

Confira 7 dicas deixadas por ele para melhor esse relacionamento entre empresas e consumidores.

Seja mais inclusiva e menos intrusiva

O papel da marca não é só comunicar a venda, principalmente agora é tempo de ser mais relevante na vida das pessoas. É preciso parar para pensar em como ser mais útil na vida do consumidor? Que tipo de conteúdo podemos oferecer para de fato fazer a diferença na vida das pessoas? A palavra da vez é “empatia” e empatia é igual a conhecimento, quanto mais eu conheço uma pessoa mais eu consigo me colocar no lugar dela e ajudá-la no que ela realmente precisa.

Entenda o novo comportamento diante da digitalização do público e faça parte dele

A pandemia veio acelerar o comportamento digital dos consumidores. Hoje, não são apenas os adolescentes e os adultos tomando conta dos aplicativos, por exemplo. Os avós já estão usando; o próprio governo passou a utilizar. O número de horas conectadas cresceu muito, o consumo de stream também cresceu, as lives que já existiam antes agora estão sendo exploradas como nunca. As marcas precisam aproveitar esse novo momento e entrar nessas plataformas para serem vistas de forma eficaz. Patrocinar uma live, por exemplo, é uma maneira de se mobilizar. É preciso entender todo esse comportamento e fazer parte dele.

Se reinvente

É muito perigoso a marca ser vista como oportunista e omissa. Nunca se falou tanto, por exemplo, em doação. Em um mês foram registradas doações equivalentes há um ano. A mídia tem o poder de mobilizar as pessoas a ajudarem outras. É tempo de se reinventar e colaborar com alguma causa, ajudar organizações locais e regionais por exemplo. É tempo de as marcas direcionarem seus produtos para ajudar as pessoas nesse momento.

Seja o primeiro

No Marketing é muito importante estar atendo ao que está acontecendo no mundo e ser o primeiro. O Magazine Luiza, por exemplo, quando a pandemia começou foi a primeira loja a fechar; a baixar o custo de frete, a explorar seu e commerce, ajudando o pequeno varejo a se digitalizar como nunca. Não é hora de pensar no concorrente, mas se unir a ele em prol de causas. As empresas de telefonia, também são exemplos; elas se uniram e criaram a #fiqueemcasa com diversos benefícios para o consumidor. Esse é o momento para a união de forças e marcas.

Use a comunicação para levantar causas

É tempo de unir tecnologia e solidariedade e questionar-se, como a minha marca pode ajudar as pessoas na sociedade? Isso precisa fazer parte da missão das empresas. A Repense, por exemplo, criou para a Bombril uma escola física destinada para as empregadas domésticas, pois percebeu-se que esse público não costumava terminar os estudos e essa seria uma das maneiras de realmente fazer a diferença na vida delas.

Use a verba de comunicação da sua marca para agregar alguma causa e melhorar a vida das pessoas

Em tempos de pandemia, a Repense, por exemplo, percebeu que as mães com filhos em casa estão passando por momentos mais delicados diante das tarefas domésticas. Por isso, buscamos uma especialista em brincadeiras em casa e perguntamos a ela como lavar a louça com as crianças, tornando aquele momento como uma diversão com responsabilidade para elas. A ideia deu certo e ajudou muitas mães a colocarem em prática algo simples mas que faz a diferença no dia a dia.

Tenha um bom relacionamento com quem está perto de você

A pandemia mais do que nunca trouxe uma sensibilidade e um novo comportamento para a humanidade em relação ao próximo. É preciso tornar isso um estilo de vida. Se coloque no lugar das pessoas, olhe com outros olhos o seu colaborador e o seu fornecedor e não apenas o seu cliente. Coloque empatia neles. Isso é transformador.

A live completa está disponível no IGTV da @ag7realty. Confira no link: https://www.instagram.com/tv/B_X7k4IlqCu/.

AG7
ESCRITO POR AG7 Realty

A AG7 é uma boutique de negócios imobiliários que une os melhores profissionais da economia criativa como empresários, designers, arquitetos, engenheiros, paisagistas e consumidores que possuem uma certeza em comum: nossos projetos transformam a forma como as pessoas vivem no mundo.

COMPARTILE